Dinheiro pra yankee ver

O Bitcoin não começou 2014 muito bem. Depois do colapso do Mt. Gox, a maior corretora da moeda virtual do mundo, o senador democrata Joe Manchin quer bani-lo dos EUA.

Em uma carta enviada para agências de regulamentação federal, Manchin diz que o Bitcoin atrai e permite atividades criminosas, e define o valor da moeda virtual para a economia americana como “suspeito, se não for inteiramente negativo”.

O senador chega até a mencionar o fim do Mt. Gox, mas parece estar mais preocupado com a pressão que países como a Tailândia, Rússia e China já estão fazendo a respeito da regulamentação ou proibição do Bitcoin, enquanto os EUA estão sancionando a moeda. “Estou mais preocupado com o fato de que o Bitcoin vai ser inevitavelmente banido em outros países e americanos vão ficar segurando uma moeda sem valor algum”, disse.

Essa não é a primeira ação de Manchin contra o Bitcoin. Em junho de 2011, ao lado do também democrata Charles Schumer, o senador fez um apelo para que o governo investigasse o Bitcoin e o Silk Road, site hospedado na deep web que comercializava livremente drogas ilegais. Os donos do Silk Road foram presos em 2014 e o site acabou sendo fechado, mas até agora, o Bitcoin segue livre.

O Bitcoin, para quem não conhece, é uma moeda virtual com um lastro baseado em um complexo algoritmo que regula sua cotação. Além de ser impossível de rastrear, o Bitcoin também pode ser infinitamente fragmentado.

Propagandas relâmpago

O Snapchat, rede social que cativou os jovens americanos, mas que ainda não chegou com força significativa no Brasil, ainda não tem um plano definido para gerar renda, mas uma pesquisa recente da Sumpto mostra que os universitários podem ser a galinha dos ovos de ouro da rede.

Mais de 77% dos universitários usam o Snapchat pelo menos uma vez todo dia. Além disso, 45% estudantes entre 18 e 24 anos abririam um post de uma marca que eles não conhecem, enquanto 73% abririam o conteúdo de uma marca conhecida.

O Snapchat poderia permitir que marcas disparassem seus vídeos instantâneos para toda a base de usuários da rede ou até mesmo para grupos demográficos estabelecidos com critérios como localidade, idade, entre outros fatores. Os Termos de Serviço do Snapchat explicam que ele tem acesso a uma quantidade mais do que suficiente de informações pessoais (como nome, telefone, e-mail, localização, informações do dispositivo e idade) para começar a colocar usuários na mira de marcas, sem nenhum risco legal para a empresa.

A pesquisa, feita com uma rede de mais de 50 mil universitários, mostra também que 69% deles adicionariam uma marca no Snapchat caso já a seguissem em outras redes, como Twitter e Facebook. Outro dado mostra que 67% dos estudantes abordados estariam interessados em receber cupons de desconto para produtos e serviços via Snapchat.

Olá, Master Chief

Um dos diferenciais da Apple no mercado de smartphones é a assistente pessoal digital Siri, que com uma voz feminina e suave pode te ajudar a navegar seu telefone.  A Microsoft agora vai contra-atacar à altura: Cortana, inteligência artificial da série de jogos “Halo”, vai se tornar a voz do Windows Phone 8.1, quando a atualização chegar aos consumidores nos próximos meses.

A Microsoft tem ficado bastante quieta sobre o futuro do Windows Phone, mas algumas notícias, incluindo a Cortana, acabaram escapando. O primeiro relato surgiu quando um funcionário da Microsoft perdeu um telefone rodando a versão 8.1 do sistema operacional.

O programa vai substituir o sistema de busca Bing, nativo do smartphone, e funciona como uma espécie de assistente digital, uma mistura de Siri e Google Now. Cortana, conhecida nos games como uma mulher translúcida e roxa, vai virar um ícone circular animado, na cor escolhida pelo usuário. Ela também vai ter animações quando estiver falando ou pensando, além de pular por aí ou ficar emburrada, dependendo do que você está pedindo. Serviços como Bing, Foursquare e outros vão fornecer informações à Cortana, para que ela tenha o poder contextual do Google Now.

Uma das funções centrais do projeto é uma memória na qual o usuário pode customizar o nível de acesso de Cortana às informações do smartphone. Ainda que ela aprenda coisas sobre os usuários, ela não vai armazenar nada a menos que o usuário queira e, mesmo assim, essas informações podem ser editadas ou deletadas.

LabPloc

Festa Ploc passa a ser gerenciada pela LabPop a partir de agora. Marca de grande sucesso no universo pop, dedicada aos anos 80 e 90, a festa continua fazendo história, ainda mais agora, quando completa 10 anos.

Seu criador, Luciano Vianna, passa a gerenciar a área de eventos da agência, além de montar novas festas e shows sob o guarda-chuva LabPop Eventos.

Nesta segunda-feira (17), Mario Marques, diretor executivo da LabPop, e Luciano Vianna assinaram a associação.

Que façam bons negócios!

Revoluções pop

O design, para os leigos, pode parecer uma fortaleza impenetrável, na qual ideias se multiplicam sem aplicabilidade nenhuma. Uma mostra no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) busca mostrar como algumas das criações mais revolucionárias de todos os tempos são vistas, hoje, como partes normais do dia a dia. Dentre os destaques estão uma homenagem à arroba, um símbolo que ajudou a viabilizar a internet, e uma ala dedicada a alguns arcades, que mudaram a forma como os jogadores interagiam com os games. Uma das peças é uma réplica de uma cabine de “Street fighter II”, que em 1991 explodiu a mente dos jogadores com seus controles em alavanca.

 

Outro que ganhou destaque foi o hit indie “Minecraft”, criado por Marcus “Notche” Persson, da Mojang. O jogo, que coloca o jogador em um mundo formado por cubos, é focado na construção de tecnologias e, em seu modo de criação livre, se tornou uma ferramenta de expressão criativa, com milhares de artistas perdendo dias a fio para recriar lugares reais e fictícios, um cubo de cada vez.
Confira algumas imagens da mostra, postadas no The Verge:

moma10_1020_verge_super_wide

at1_1020_verge_super_wide

moma11_1020_verge_super_wide

moma8_1020_verge_super_wide

moma13_1020_verge_super_wide

Portas abertas

O Snapchat vem crescendo, especialmente entre os adolescentes americanos, mas agora, precisa provar que é capaz de sobreviver em um ambiente cheio de hackers mal intencionados. Uma falha de segurança no aplicativo o deixa aberto para ataques que podem até mesmo travar o iPhone dos usuários.

O congelamento da tela não é permanente e pode ser consertado com um reset no aparelho. No Android, o efeito não é tão drástico, mas o sistema fica consideravelmente mais lento.

“Estamos trabalhando para resolver o problema e vamos contatar os especialistas em segurança que revelaram a falha para aprendermos mais”, disse o Snapchat, em nota ao LA Times.

Os hackers podem reutilizar tokens gerados pelo aplicativo para verificar a identidade dos usuários para, então, disparar centenas de mensagens em segundos. Com isso, eles podem derrubar grupos grandes de usuários ou mirar em contas individuais.

  Instagram

 

Agência

 

A LabPop está em todos os mundos, em todos os canais, em todos os processos. Somos ideias transportadas para qualquer plataforma. Filmes, outdoors, balões personalizados, redes sociais. TV, rádio, marketing de guerrilha ou assessoria de imprensa. E até papel. Sim, papel.

Entendemos e entregamos, algemados ao comprometimento com os resultados. Somos um braço forte das suas metas.

A comunicação mudou e muda o tempo todo.

E não é só a tecnologia. Mas a forma de pensar as estratégias e, mais do que isso, de organizar de forma inteligente e eficiente o conteúdo, combinado ao marketing.

A LabPop trata disso. Somos a formulação entre experimentar novos formatos e avançarmos nas vias tradicionais com óticas inovadoras.

Estamos em todos os mundos. E não estamos sozinhos. Queremos você com a gente.

 

 

História

A LabPop nasceu em 2010, no Rio de Janeiro, como uma agência de marketing digital e logo mostrou seu diferencial no mercado com um mix de jornalismo e marketing. Em 2012, firmou pé na política,  elegendo 10 dos 12 candidatos a prefeito dos quais comandou, além de empreender sólidos trabalhos de comunicação em áreas distintas, do gerenciamento de crise ao reposicionamento de marca.

A agência cresceu ainda mais em 2013, dando saltos qualitativos Brasil afora. Ampliou a sede, dobrou a equipe e misturou energicamente o DNA original, de jornalismo, com profissionais de marketing e publicidade. Em 2014 expandiu para uma agência full-service,  pronta para atender às demandas de todos os mundos, em todas as plataformas.

404

Diretor

Mario Marques

Jornalista há mais de 25 anos, com passagens por “O Globo” e “Jornal do Brasil” e pelas revistas “Laboratório Pop” e “Set”, foi também diretor de conteúdo das agências OSC e GSN. Especialista em marketing político e gerenciamento de crise, desde 2004 atua em campanhas políticas.

 

Clientes

Serviços

Campanhas publicitárias

A publicidade é muito mais do que colocar a propaganda na rua. Na LabPop, pensamos na campanha como um processo maior, que começa na elaboração dos objetivos e no monitoramento, que permitem que o público-alvo seja perfeitamente alinhavado. De lá, a campanha passa pelo conteúdo e, finalmente, chega a diversas mídias de forma atraente e chamativa.

Seja em vídeo, uma série de outdoors ou um spot de áudio, sabemos trazer o melhor da sua marca ou produto para o seu target.

Endomarketing

Falar com quem está fora da sua empresa é importante, mas também fundamental é compreender, qualificar e informar a sua força de trabalho. A LabPop realiza palestras, coletivas e workshops que  injetam novas ideias na sua organização.

Planejamento estratégico

Para alcançar resultados expressivos, é fundamental que sejam definidos alguns parâmetros. Para isso, a equipe da LabPop trabalha com diversas ferramentas de análise de mercado para delimitar pontos fracos e ameaças externas, a fim de traçar um plano de metas claro, objetivo e realista.

Assessoria de imprensa

O assessor de imprensa é uma peça fundamental para qualquer marca ou pessoa pública. Ele mede as interações com a imprensa, circula o nome ou marca nos veículos de comunicação e blinda o cliente na ocasião de alguma crítica.

O diferencial dos assessores da LabPop Press, nosso núcleo de assessoria, é toda a estrutura de monitoramento, que fornece radiografias detalhadas da percepção pública do cliente, informando os assessores para que as ações tenham riscos minimizados e resultados maximizados.

Design de embalagens

Dizem que não se deve julgar um livro pela capa, mas é o que todo mundo faz. Uma embalagem atraente, criativa ou intuitiva pode ser o diferencial entre o seu produto e a concorrência.

Com um visual diferenciado, seu produto vai se destacar no ponto de venda.

Branding

Antes de se lançar no mercado, é preciso saber qual ângulo você quer abordar. Quem é você? Para quem você quer vender? Com que público precisa interagir para obter seus resultados?

Na LabPop, ajudamos o cliente a criar o conceito por trás da sua marca, o norte que vai orientar toda a produção de conteúdo e posicioná-lo corretamente.

Identidade visual

A identidade visual é a linha editorial do design de uma marca ou produto. Dessa fonte principal, elaborada de acordo com as características do cliente, seu foco, seu público alvo e suas atividades, criamos todas as peças que vão aparecer em suas redes sociais e em produtos off-line, como cartões, flyers, banners e catálogos.

Com uma identidade visual forte e coesa, seus clientes vão reconhecer você com mais facilidade em mídias diferentes, unificando os esforços de divulgação da sua marca.

Produção de filmes

Do roteiro à pós-produção, nosso núcleo de vídeo dá vida ao conceito da sua marca, com peças inteligentes, instigantes e com poder viral.

Nossa equipe conta com as tecnologias mais modernas de captura e edição de imagens, para garantir que o vídeo funcione tanto na tela do smartphone quanto nas maiores TVs de alta resolução.

Mídia impressa

Sabemos que o mundo não acaba no computador e, muitas vezes, é necessário disseminar informações confiáveis, apuradas e atraentes em boas e velhas páginas de papel.

Na LabPop, criamos seu catálogo, cartão, folder, outdoor, com um layout diferenciado, precisão nas informações e design atraente. Quer anunciar em uma revista ou jornal? Conte conosco para aplicar sua marca sem decepções.

Games e advergames

Quem imaginaria, 20 anos atrás, que a indústria de games seria maior do que Hollywood? Essa mídia relativamente nova se espalha por todos os cantos e pode, inclusive, conectar sua marca com outros públicos.

Por meio de jogos com conteúdo publicitário, ou advergames, inserimos a sua marca de uma forma divertida e interativa, seja no browser ou como um aplicativo para celulares.

Reposicionamento

Alguma crise mal resolvida no passado recente de sua marca? Pode ser que ela ainda circule pelos corredores da internet com uma imagem negativa ou, pelo menos, diferente do esperado. É possível reverter esse quadro.

Utilizando pesquisas, radiografias, monitoramento, criação precisa de conteúdo e contato direto com os usuários, a equipe da LabPop é capaz de reparar ou até mesmo reconstruir a imagem de sua marca na web e, no processo, fidelizar seu público ou clientes.

Marketing digital

Tão importante quanto falar com muitas pessoas é falar com as pessoas certas. As campanhas de marketing digital desenvolvidas pela LabPop permitem que você se comunique diretamente com seu público-alvo. Para isso, estudamos caso a caso cada cliente, cada produto, cada ação.

 

Fazemos uma ponte entre a sua mensagem e quem quer escutá-la. É um vídeo-propaganda para o YouTube? Uma página de Facebook com uma loja integrada? Uma campanha de crowdfunding para um projeto? Parcerias com grandes nomes da internet?

 

A LabPop faz e acompanha a repercussão, redirecionando a campanha para obter os melhores resultados. No decorrer do processo, você não vai ficar perdido: nossa equipe está dedicada a produzir relatórios sofisticados e precisos sobre os resultados parciais e finais das campanhas.

Gerenciamento de crise

Não dá para escolher a hora que vai acontecer um infortúnio. Nossos serviços de gerenciamento de crise quantificam o problema com relatórios precisos.

Ações como respostas ágeis, objetivas, decisivas, capazes de esclarecer dúvidas, além de identificar detratores e apoiadores, são nosso polo de ativação.

Apagado o incêndio, há o período de reconstrução da imagem, utilizando as informações adquiridas como base para traçar uma estratégia eficaz.

Eventos

Eventos são uma grande ferramenta para construir visibilidade para sua marca e engajar diretamente clientes ou possíveis parceiros de negócios. A LabPop cria o seu evento, da estratégia à produção.

Caso você tenha um evento e queira alcançar mais pessoas, nossa equipe cobre e difunde em suas redes sociais. Isso humaniza sua marca, expande o alcance das suas ações off-line e engaja seu público. A transmissão pela internet com textos, fotos e vídeos amplia os domínios do cliente.

Campanhas políticas

A política continua nas ruas, mas abriu uma grande avenida pelas redes sociais. Uma campanha eleitoral exige estratégias próprias para lidar com a mídia, dominar a opinião pública, engajar os eleitores e fidelizar o voto.

Na LabPop, temos um núcleo de política que trabalha 24h por dia para alcançar os resultados, dentro e fora da internet.

Pesquisas

Pesquisas de opinião são fundamentais para a definição de estratégias. Com os dados coletados em quantitativas e qualitativas, online e off-line, conseguimos reduzir drasticamente os riscos e alinhavar os pontos fortes e fracos do ciente.

A pesquisa qualitativa trabalha com conceitos, percepções, tendências. Busca o entendimento de fenômenos sociais e suas implicações. Abre possibilidades e observa sensíveis nuances.

A quantitativa trabalha com a quantificação e mensuração da opinião de determinado grupo de pessoas em um universo delimitado.

Portais e aplicativos

Os aplicativos e portais desenvolvidos pela LabPop são uma ponte direta entre as demandas dos clientes e a experiência do usuário. Seja em PCs, notebooks, tablets ou smartphones, nossos projetos são modernos, otimizados, únicos, rápidos e atraentes, tudo para fazer com que sua marca se destaque na internet.

Monitoramento

O monitoramento é fundamental em dois momentos distintos. Para precisar o melhor caminho de elaboração do conteúdo. No caso de uma eventual crise, utilizando diversos parâmetros,  diagnosticamos o momento com um retrato clarificado da situação e montamos estratégias com posicionamento assertivo.

Por meio do índice LabPop, um conjunto de métricas e sistemas que funcionam como um Ibope digital, empreendemos rankings de influência e presença nas redes sociais.

Conteúdo

O DNA jornalístico da LabPop é uma das forças motrizes da rotina diária da agência. As informações dos clientes são difundidas de forma atraente e apropriada para cada mídia, em vídeo, áudio, texto ou imagens.

White Book

O White Book é a clarificação da comunicação do cliente junto aos vários públicos. Com ele, alinhamos e orientamos o discurso do cliente (corporativo, artista, político) sobre temas de interesse, de acordo com a estratégia definida pelo planejamento, e levantamos temas sensíveis para prevenção e gestão de crises.

Notícias

Dinheiro pra yankee ver

O Bitcoin não começou 2014 muito bem. Depois do colapso do Mt. Gox, a maior corretora da moeda virtual do mundo, o senador democrata Joe Manchin quer bani-lo dos EUA.

Em uma carta enviada para agências de regulamentação federal, Manchin diz que o Bitcoin atrai e permite atividades criminosas, e define o valor da moeda virtual para a economia americana como “suspeito, se não for inteiramente negativo”.

O senador chega até a mencionar o fim do Mt. Gox, mas parece estar mais preocupado com a pressão que países como a Tailândia, Rússia e China já estão fazendo a respeito da regulamentação ou proibição do Bitcoin, enquanto os EUA estão sancionando a moeda. “Estou mais preocupado com o fato de que o Bitcoin vai ser inevitavelmente banido em outros países e americanos vão ficar segurando uma moeda sem valor algum”, disse.

Essa não é a primeira ação de Manchin contra o Bitcoin. Em junho de 2011, ao lado do também democrata Charles Schumer, o senador fez um apelo para que o governo investigasse o Bitcoin e o Silk Road, site hospedado na deep web que comercializava livremente drogas ilegais. Os donos do Silk Road foram presos em 2014 e o site acabou sendo fechado, mas até agora, o Bitcoin segue livre.

O Bitcoin, para quem não conhece, é uma moeda virtual com um lastro baseado em um complexo algoritmo que regula sua cotação. Além de ser impossível de rastrear, o Bitcoin também pode ser infinitamente fragmentado.

Propagandas relâmpago

O Snapchat, rede social que cativou os jovens americanos, mas que ainda não chegou com força significativa no Brasil, ainda não tem um plano definido para gerar renda, mas uma pesquisa recente da Sumpto mostra que os universitários podem ser a galinha dos ovos de ouro da rede.

Mais de 77% dos universitários usam o Snapchat pelo menos uma vez todo dia. Além disso, 45% estudantes entre 18 e 24 anos abririam um post de uma marca que eles não conhecem, enquanto 73% abririam o conteúdo de uma marca conhecida.

O Snapchat poderia permitir que marcas disparassem seus vídeos instantâneos para toda a base de usuários da rede ou até mesmo para grupos demográficos estabelecidos com critérios como localidade, idade, entre outros fatores. Os Termos de Serviço do Snapchat explicam que ele tem acesso a uma quantidade mais do que suficiente de informações pessoais (como nome, telefone, e-mail, localização, informações do dispositivo e idade) para começar a colocar usuários na mira de marcas, sem nenhum risco legal para a empresa.

A pesquisa, feita com uma rede de mais de 50 mil universitários, mostra também que 69% deles adicionariam uma marca no Snapchat caso já a seguissem em outras redes, como Twitter e Facebook. Outro dado mostra que 67% dos estudantes abordados estariam interessados em receber cupons de desconto para produtos e serviços via Snapchat.

Olá, Master Chief

Um dos diferenciais da Apple no mercado de smartphones é a assistente pessoal digital Siri, que com uma voz feminina e suave pode te ajudar a navegar seu telefone.  A Microsoft agora vai contra-atacar à altura: Cortana, inteligência artificial da série de jogos “Halo”, vai se tornar a voz do Windows Phone 8.1, quando a atualização chegar aos consumidores nos próximos meses.

A Microsoft tem ficado bastante quieta sobre o futuro do Windows Phone, mas algumas notícias, incluindo a Cortana, acabaram escapando. O primeiro relato surgiu quando um funcionário da Microsoft perdeu um telefone rodando a versão 8.1 do sistema operacional.

O programa vai substituir o sistema de busca Bing, nativo do smartphone, e funciona como uma espécie de assistente digital, uma mistura de Siri e Google Now. Cortana, conhecida nos games como uma mulher translúcida e roxa, vai virar um ícone circular animado, na cor escolhida pelo usuário. Ela também vai ter animações quando estiver falando ou pensando, além de pular por aí ou ficar emburrada, dependendo do que você está pedindo. Serviços como Bing, Foursquare e outros vão fornecer informações à Cortana, para que ela tenha o poder contextual do Google Now.

Uma das funções centrais do projeto é uma memória na qual o usuário pode customizar o nível de acesso de Cortana às informações do smartphone. Ainda que ela aprenda coisas sobre os usuários, ela não vai armazenar nada a menos que o usuário queira e, mesmo assim, essas informações podem ser editadas ou deletadas.

LabPloc

Festa Ploc passa a ser gerenciada pela LabPop a partir de agora. Marca de grande sucesso no universo pop, dedicada aos anos 80 e 90, a festa continua fazendo história, ainda mais agora, quando completa 10 anos.

Seu criador, Luciano Vianna, passa a gerenciar a área de eventos da agência, além de montar novas festas e shows sob o guarda-chuva LabPop Eventos.

Nesta segunda-feira (17), Mario Marques, diretor executivo da LabPop, e Luciano Vianna assinaram a associação.

Que façam bons negócios!

Revoluções pop

O design, para os leigos, pode parecer uma fortaleza impenetrável, na qual ideias se multiplicam sem aplicabilidade nenhuma. Uma mostra no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) busca mostrar como algumas das criações mais revolucionárias de todos os tempos são vistas, hoje, como partes normais do dia a dia. Dentre os destaques estão uma homenagem à arroba, um símbolo que ajudou a viabilizar a internet, e uma ala dedicada a alguns arcades, que mudaram a forma como os jogadores interagiam com os games. Uma das peças é uma réplica de uma cabine de “Street fighter II”, que em 1991 explodiu a mente dos jogadores com seus controles em alavanca.

 

Outro que ganhou destaque foi o hit indie “Minecraft”, criado por Marcus “Notche” Persson, da Mojang. O jogo, que coloca o jogador em um mundo formado por cubos, é focado na construção de tecnologias e, em seu modo de criação livre, se tornou uma ferramenta de expressão criativa, com milhares de artistas perdendo dias a fio para recriar lugares reais e fictícios, um cubo de cada vez.
Confira algumas imagens da mostra, postadas no The Verge:

moma10_1020_verge_super_wide

at1_1020_verge_super_wide

moma11_1020_verge_super_wide

moma8_1020_verge_super_wide

moma13_1020_verge_super_wide

Portas abertas

O Snapchat vem crescendo, especialmente entre os adolescentes americanos, mas agora, precisa provar que é capaz de sobreviver em um ambiente cheio de hackers mal intencionados. Uma falha de segurança no aplicativo o deixa aberto para ataques que podem até mesmo travar o iPhone dos usuários.

O congelamento da tela não é permanente e pode ser consertado com um reset no aparelho. No Android, o efeito não é tão drástico, mas o sistema fica consideravelmente mais lento.

“Estamos trabalhando para resolver o problema e vamos contatar os especialistas em segurança que revelaram a falha para aprendermos mais”, disse o Snapchat, em nota ao LA Times.

Os hackers podem reutilizar tokens gerados pelo aplicativo para verificar a identidade dos usuários para, então, disparar centenas de mensagens em segundos. Com isso, eles podem derrubar grupos grandes de usuários ou mirar em contas individuais.

De cara nova

pinterest-mobile-website

O Pinterest está de cara nova, pelo menos na versão mobile. O novo visual, lançado nesta quinta (6), busca aproximar o site em navegadores de smartphones de suas versões de desktop e no aplicativo nativo.

Atualmente, 75% do tráfego do Pinterest vem de dispositivos móveis, embora a empresa não especifique quanto vem de iOS e quanto vem de Android. Essa estatística ainda não leva em consideração a versão mobile do site e tende a aumentar assim que essas métricas forem levadas em consideração.

O novo site mostra seções como useful pins e related pins, assim como a versão de desktop. O resultado das mudanças é, basicamente, que o usuário vai poder compartilhar conteúdo na versão mobile com tanta facilidade quanto em outras versões da rede social.

notícia\

0 1
 

Portas abertas

Vulnerabilidade no Snapchat permite que hackers travem o celular dos usuários

Portas abertas

O Snapchat vem crescendo, especialmente entre os adolescentes americanos, mas agora, precisa provar que é capaz de sobreviver em um ambiente cheio de hackers mal intencionados. Uma falha de segurança no aplicativo o deixa aberto para ataques que podem até mesmo travar o iPhone dos usuários.

O congelamento da tela não é permanente e pode ser consertado com um reset no aparelho. No Android, o efeito não é tão drástico, mas o sistema fica consideravelmente mais lento.

“Estamos trabalhando para resolver o problema e vamos contatar os especialistas em segurança que revelaram a falha para aprendermos mais”, disse o Snapchat, em nota ao LA Times.

Os hackers podem reutilizar tokens gerados pelo aplicativo para verificar a identidade dos usuários para, então, disparar centenas de mensagens em segundos. Com isso, eles podem derrubar grupos grandes de usuários ou mirar em contas individuais.

De cara nova

Pinterest lança nova versão do site mobile para torná-lo mais parecido com o aplicativo

De cara nova

pinterest-mobile-website

O Pinterest está de cara nova, pelo menos na versão mobile. O novo visual, lançado nesta quinta (6), busca aproximar o site em navegadores de smartphones de suas versões de desktop e no aplicativo nativo.

Atualmente, 75% do tráfego do Pinterest vem de dispositivos móveis, embora a empresa não especifique quanto vem de iOS e quanto vem de Android. Essa estatística ainda não leva em consideração a versão mobile do site e tende a aumentar assim que essas métricas forem levadas em consideração.

O novo site mostra seções como useful pins e related pins, assim como a versão de desktop. O resultado das mudanças é, basicamente, que o usuário vai poder compartilhar conteúdo na versão mobile com tanta facilidade quanto em outras versões da rede social.

Sob nova direção

Microsoft anuncia novo CEO, Satya Nadella, e diz que Bill Gates vai atuar mais na empresa

Sob nova direção

nadella

 

A Microsoft está com um novo líder. Satya Nadella, na Microsoft a 22 anos e responsável pela parte de computação na nuvem da empresa, assume no lugar de Steve Ballmer.

Nadella é creditado como um líder chave nas estratégias de computação em nuvem da empresa em produtos como Bing, Xbox e Office. Ele também é responsável por ter crescido o setor de serviços coorporativos da Microsoft de uma área de faturamento por volta de US$ 1,5 bilhão para uma de US$ 5 bilhões em um espaço de cinco anos.

Em um e-mail para funcionários da empresa, divulgado pela própria Microsoft, Ballmer anunciou as mudanças e disse que estava “empolgado pelo futuro da companhia”. Ele elogiou também as habilidades técnicas e de negócios de Nadella.

Em outro e-mail para os funcionários, Nadella relembrou sua trajetória na empresa e disse que pediu para que Gates voltasse para a Microsoft e passasse mais tempo por lá. O executivo apontou a importância na inovação e colocou tanto a área mobile e de nuvem como prioridades da empresa.

Gates, que se afastou da empresa, retorna no cargo de Fundador e Conselheiro de Tecnologia, um cargo que vai colocá-lo mais perto do desenvolvimento dos novos produtos. A ideia parece ser afastar qualquer noção de que Nadella não tem muita experiência na área de hardware (apesar dele já ter trabalhado com a divisão de Xbox e querer investir em mobiles).

Eles apostaram

Marcella Huche e Gerhard Brêda eram estagiários e hoje ocupam postos estratégicos na LabPop

Eles apostaram

MarcelaEGeraldo

Eles chegaram devagar devagarinho, aceleraram e estão em todos os mundos com a LabPop. Gerhard Brêda e Marcella Huche, membros fundadores da agência acompanharam todas as transformações, tanto as internas quanto as externas, e viraram “veteranos” aos 25 anos.

 

Brêda, gerente adjunto da área de política, é formado em jornalismo em 2011 pela UFRJ, já tomou conta de clientes de quase todas as áreas, especialmente de entretenimento, como Regina Casé, Biquini Cavadão, Joanna e Ivo Meirelles.

 

“À exceção de um breve estágio no começo da faculdade, a LabPop foi o lugar onde iniciei a minha vida profissional”, diz Brêda. “Há três anos, o panorama das redes sociais e do mercado era outro. Aprendemos muito sobre as direções no dia a dia, vendo o que funciona e o que não funciona. Estamos também sempre antenados em novas redes e novas ideias, até porque a internet está em constante mutação”.

 

No fim de 2013, Brêda ingressou na área de política, montando escopos para as campanhas de 2014.

 

“Entrar nessa área em ano de eleição é um grande desafio, mas também uma grande oportunidade de crescimento”, diz Brêda. “A LabPop se fortaleceu muito nessa área e temos estratégias diferenciadas para entregar os melhores resultados para nossos clientes”.

 

Marcella Huche também é gerente de projetos. Formada em jornalismo, com mestrado em Mídias e Mediações Socioculturais na UFRJ, aos 25 anos ela é a manda-chuva da agência.

 

“Passei brevemente por redações e portais até chegar na LabPop”, relembra Marcella. “Aqui, rapidamente houve uma cobrança em desenvolver mais o lado de marketing e publicidade da comunicação, principalmente na área digital”.

 

Na LabPop, Marcella ganhou experiência em várias áreas, como produção de conteúdo, comercial, atendimento, planejamento de mídia e monitoramento. Em 2013, Marcella também passou a integrar a equipe de política, gerenciando a equipe e traçando estratégias.

 

“A LabPop me permitiu cruzar o jornalismo e aportar no marketing, que é, afinal, o conceito da LabPop”.

Controle de energia

Conheça o Parce One, gadget que permite que você desligue aparelhos usando o smartphone

Controle de energia

No futuro, os desenhos e filmes antigos prometiam, você só vai precisar de um controle universal para ligar e desligar qualquer aparelho eletrônico em casa. O tempo passou, o futuro longínquo dos Jetsons se tornou o passado recente e, salvo algumas iniciativas de controles remotos que servem para seu DVD, TV e decodificador de sinal a cabo, as promessas foram furadas. O One, da alemã Parce, busca resolver isso.

O gadget está buscando financiamento no site de crowdfunding Indiegogo, mas ainda está longe de bater a meta. O design é bonitão, simples e no estilo minimalista, em preto, branco e prata, mas ele tem mais funções do que um botão liga e desliga à distância. Quando o Idea se conecta à sua rede, ele cria um sistema armazenado na nuvem que mostra o seu consumo de energia, permite que você planeje desligamentos e que gerencie o uso de eletricidade em casa.

Caso queira colocar alguns dólares na boa ideia, clique aqui.

Notícias cada vez mais quentes

CNN se junta ao Twitter e à Dataminr para criar ferramenta para jornalistas

Notícias cada vez mais quentes

Twitter-Bird

 

 

O Twitter é uma fonte importantíssima para jornalistas atualmente. A morte de Osama Bin Laden, a Primavera Árabe e os protestos do Brasil tiveram cobertura forte na rede, com milhares de usuários trocando informações rapidamente. A CNN anunciou nesta quarta (29) uma parceria com o Twitter e a empresa de dados Dataminr para criar uma ferramenta voltada para jornalistas.

O Dataminr for News tem a função de trazer ao conhecimento dos jornalistas assuntos quentes do Twitter em tempo real. Basicamente, a ferramenta avalia os tweets e encontra padrões que podem revelar furos de reportagem ainda na “infância”. Estes alertas podem ser entregues de diversas formas, como um aplicativo, e-mail, alertas para smartphones e alertas de pop-up.

O programa, capitaneado pela CNN, não é apenas para alertas. A ideia é também oferecer dados de quem postou a notícia e como ela se espalhou. Ele também não serve apenas para furos de reportagem, mas também para encontrar assuntos interessantes em geral.

A equipe da CNN já está usando o Dataminr for News e algumas notícias foram obtidas por meio da ferramenta, como um tiroteio recente em um shopping e um voo para Pequim que teve que dar meia volta devido à turbulência.

“Ela está rapidamente se tornando uma ferramenta essencial”, disse Meredith Artley, editora da parte digital da CNN ao TechCrunch.

Mais estiloso

Google lança nova linha do Glass que deixa o visual menos esquisito e permite uso de lentes de grau

Mais estiloso

googleglass

O Google Glass ainda está nas mãos de poucos usuários, mas já coleciona algumas reclamações. A principal é que a ele deixa você parecendo um figurante de filme de ficção científica. Outra muito comum é de usuários que precisam usar óculos, que não enxergam nada na telinha. O Google, com uma nova linha, quer resolver esses dois problemas de uma vez só.

A linha, batizada de “Titanium Collection”, é formada por óculos preparados para receber tanto o hardware do Glass quanto lentes com prescrição. É basicamente uma armação de óculos, em vários modelos, do nerd ao aventureiro descolado.

O Google ainda não conseguiu resolver o problema de que é estranho usar uma câmera na cara o tempo todo, mas a nova coleção é um bom passo para esse caminho. Se você for um dos escolhidos para testar a edição Explorer, pode investir US$ 225 nas armações. Caso você ainda não tenha o hardware do gadget, no entanto, prepare-se para cavar mais fundo no bolso: o kit base do Glass custa R$ 1.499.

Cadê a privacidade?

Documentos da NSA mostram detalhes das informações que a agência levantou de aplicativos de smartphone

Cadê a privacidade?

Se você está minimamente inteirado do que se passa na internet, sabe que a NSA está envolvida em diversas denúncias de clara violação de privacidade dos usuários, inclusive da presidenta Dilma Rousseff. A agência também colocou as mãos em suculentos bancos de dados de aplicativos de smartphone e, agora, diversos documentos vazados mostram que tipo de informação a NSA conseguiu angariar.

A agência, com o alvo nas informações de configuração nos aplicativos, conseguiu informações como idade, gênero, etnia e localização específica, com dados do GPS. Os documentos também mostram diversas táticas para obter essas informações, incluindo um grampo direto no aplicativo e nas informações enviadas para anunciantes.

Os documentos passam instruções específicas para os agentes interceptarem buscas feitas no Google Maps em smartphones, usando os resultados para coletar grandes volumes de informações sobre locais. Um documento de 2010 destaca que celulares Android disparavam informações de GPS sem encriptação quando o usuário acessava o Maps.

Outras táticas da NSA incluem o uso de malwares, que permitem gravar sons do aparelho, rastrear com precisão os usuários, além de recuperar arquivos armazenados na memória do telefone, como mensagens e e-mails.

Gerador de inovações

Apple celebra os 30 anos do Macintosh, um divisor de águas na popularização dos computadores

Gerador de inovações

Você pode não ter um produto da Apple na sua casa, mas certamente tem muita coisa influenciada pelas invenções de Steve Jobs. Uma de suas criações, o pioneiro Macintosh, comemora 30 anos e a empresa postou, em seu site oficial, um vídeo celebrando três décadas de pioneiros criativos utilizando seus produtos para revolucionar a arte, o design e o entretenimento.

No vídeo, artistas, engenheiros e acadêmicos falam sobre suas experiências com diversos computadores da Apple. A empresa também destinou uma área no site para que os leitores conheçam as experiências destes pioneiros com o Macintosh.

Lançado em 1984, o Macintosh foi um dos pioneiros no uso de interfaces gráficas para os programas, uma característica que permitiu que leigos conhecessem e utilizassem computadores. As máquinas, antes enormes e pesadas, relegadas a institutos de pesquisas, finalmente se tornaram simples o bastante para o consumidor comum.

Confira o site clicando aqui.

Pins em movimento

Tumblr que se cuide: Pinterest começa a funcionar com GIFs animados

Pins em movimento

O Tumblr se encontrou como uma rede de memes e GIFs animados, mas o reinado soberano pode estar com os dias contados. O Pinterest, usado para criar e compartilhar coleções de imagens temáticas, agora também suporta GIFs, ou seja, sua coleção de imagens semi-estáticas do James Franco pode ficar muito mais organizada.

O período de testes começou há alguns meses, mas o Pinterest anunciou que já tem mais de 10 milhões de GIFs no site, com 1 milhão de usuários visualizando este conteúdo todos os dias.

Uma diferença é que os GIFs vão ter um botão de play e pause. Isso não quer dizer que você vai poder escolher se vai postar a imagem animada ou não, mas ela ficará exposta na página principal estática, com o usuário escolhendo animá-la. Com isso, o Pinterest quer manter o visual estático da home, mas ampliando as opções.

Sobrevida

Pentágono anuncia contrato com BlackBerry e aumenta em 10% o valor das ações da empresa

Sobrevida

A ascensão, apogeu e queda drástica do BlackBerry diante dos novos paradigmas do mercado de smartphones abriu os olhos de muitas empresas de tecnologia para a importância da inovação. O Pentágono, no entanto, parece ainda não ter chegado a essa conclusão e, ao anunciar a compra de 80 mil aparelhos BlackBerry, levantou as ações da combalida empresa em 10%.

A confiança do Pentágono é uma das poucas coisas que segura a empresa e permite que ela tenha alguma credibilidade com os acionistas. Considerando o estado que a empresa fechou em 2013, o ano vem sendo bom, com uma valorização de 34% das ações da BlackBerry.

A aposta é que o futuro da empresa seja reservado a clientes grandes, no mercado coorporativo, longe do olho do consumidor comum.

Uma imagem ou mil palavras

Facebook anuncia mudança no NewsFeed que vai dar destaque a posts com imagens e links em páginas

Uma imagem ou mil palavras

O Facebook está pegando, com algum atraso, o bonde que mostra que o engajamento, com apenas texto, não é muito grande nas páginas, mas é bem maior em perfis. Uma modificação no algoritmo do Feed de Notícias vai dar maior destaque para postagens pessoais apenas com textos e para postagens de páginas com imagens, vídeos ou links.

Testes realizados pela rede social mostraram que, nos perfis pessoais, atualizações com textos recebiam maior índice de compartilhamentos. Nas páginas, no entanto, o resultado foi menos animador e o Facebook vai passar a investir mais em conteúdo com links, imagens ou vídeos.

Assuntos quentes

Facebook passa a listar trending topics similares ao do Twitter nesta quinta (16)

Assuntos quentes

O Facebook está com fama de ter deixado de ser cool nos EUA e Zuckerberg parece estar drenando ideias da concorrência para manter o barco navegando. Depois de incluir as hashtags, outra funcionalidade do Twitter vai estrear no Facebook: trending topics. Eles vão ser implementados nesta quinta (16) nos EUA, Reino Unido, Canadá e Austrália.

Os trending topics do Facebook, diferentemente do Twitter, vão aparecer no lado direito superior da tela e vão contextualizar, brevemente, a razão pela qual o item está sendo fortemente mencionado. Quando o usuário clica, é levado para posts de amigos, páginas e usuários com profiles públicos que estejam tratando do assunto.

Com isso, o Facebook busca ser visto mais como uma rede social que também serve como plataforma para se informar dos assuntos do momento, uma batalha travada há anos com o Twitter.

Internet mais leve

Atualização do Google Chrome para iOS e Android busca reduzir a quantidade de dados na navegação

Internet mais leve

No atual cenário de telecomunicações do Brasil, sortudo é aquele que consegue um plano de internet móvel ilimitado que caiba no bolso. O resto dos mortais segue com planos limitados, que podem te deixar na mão na metade do mês (ou na primeira semana, caso você seja um usuário compulsivo do 3G). A nova atualização do Chrome para iOS e Android busca remediar isso, otimizando a navegação para usar pacotes de dados menores. Com isso, você gasta menos do seu plano.

Para isso, o Chrome comprime as páginas em servidores do Google antes de mandar as informações para seu smartphone. O resultado possível disso são tempos maiores de carregamento, mas para quem tem planos limitados, a troca ainda é boa.

Além disso, a atualização adiciona à versão de iOS do Chrome o suporte nativo ao Google Translate. Os usuários de Android, no entanto, ganham outra função, esta exclusiva: a possibilidade de colocar, na home do celular, atalhos para aplicativos web.

De cara nova

Twitter lança nova interface para web, mais parecida com os aplicativos de iOS e Android

De cara nova

O Twitter, mesmo com o crescimento notável do Facebook e interface ainda capenga de anúncios, é um dos sites mais influentes do mundo. A rede está implementando um novo design em sua versão de web, para aproximar sua estética com o aplicativo usado nos smartphones.

De certa forma, o novo visual é um retorno a uma versão mais antiga da rede social, com as informações do perfil e a caixa para novos tweets localizada na esquerda da tela e sem a necessidade da caixa de texto para criar novos posts. A caixa de texto ainda está disponível no atalho, que permanece localizado no canto superior direito do site.

O Facebook fez mudanças similares com o visual do site, deixando tudo mais próximo do que está rodando no aplicativo.

 

Trabalhe Conosco

Se você se encaixa no perfil da agência mais legal do mundo, mande seu currículo para o email abaixo. Se não tivermos vagas disponíveis agora sua mensagem estará guardada com muito carinho em nossos arquivos.

oportunidades
 
 

FALE CONOSCO

  close

Avenida das Américas 3500 -
Hong Kong 2000 - Cobertura 706
Barra da Tijuca
cep / 22640-102
contato@labpopcontent.com.br
+55 21 3344-9000